sexta-feira, março 14



Roubei, quem sabe as coisas comecem a melhorar...

terça-feira, março 11

Ok, você tem um filha liiinda (pelo menos eu acho), se preocupa com o futuro dela, tem um emprego que já foi legal e que agora só te dá dor de cabeça, só stress, tem uma família que te ama, te adora, se preocupa com você, tem um pai pra sua filha que apesar dos pesares você não deseja nenhum mal a ele, você tem amigos, muitos amigos, e de repente vem a possibilidade de você largar tudo e ir pra um outro país, Inglaterra, precisamente uma cidadezinha perto de Liverpool, estudar, trabalhar, com sacrifícios naturalmente, com a sua filha de praticamnte três anos de idade junto obviamente, com uma guerra eminente... o que voces fariam (levando em consideração que daqui uns três ou quatro meses estarei fazendo parte das estastísticas de desemprego do país de Lula)?

a) Iria para a terra do Teletubbie e Shakespeare, além do Tony (bruxa de) Blair, do Hugh Grant, do David Beckham, dos Beatles e dos Rolling Stones e onde é sempre nublado e a moeda corrente é a Libra Esterlina ou Euro (como queiram)

b) Ficaria na terra da Eguinha Pocotó (pocotó, pocotó) e Luiz Fernando Ver!ssimo. além do Dhomini, da Kelly Key, Ronaldinho Gaúcho, da Luciana Gimenez e da Xuxa e onde sempre (acho que pra sempre) faz, no mínimo, 30 graus e a moeda corrente é o...qual é mesmo a moeda corrente? Ah tá! Você ganha em Real e gasta em Dólar

c) Nenhuma das anteriores (então dá uma idéia melhor caramba!!!!)

Help, I need somebody...

Lucila (que tá louca pra ir trabalhar no Palácio de Buckingham, só pra limpar o nariz na cortina...)

domingo, março 9

Dia Internacional da Mulher? Não obrigada, guarde as flores e os bombons. Eu prefiro minha parte em equivalência salarial, na diminuição das estatísticas de estupros e violência doméstica, em direitos, para que as mulheres da China nasçam, as mulheres do Afganistão mostrem o rosto, o direito das mulheres da Índia de não serem mutiladas, o direito de sair sozinha sem ser oportunada, sem ser vista como um pedaço de carne à disposição, o direito de ganhar mais de 2.000,00 por mês sem ter que mostrar a bunda, o direito de ter um filho numa maternidade descente sem ter que pagar uma fortuna por isso, o direito de matricular um filho numa creche e não ter que passar dois dias dormindo numa fila, o direito de "dar" sem compromisso sempre que quiser, sem ser taxada de piranha, o direito à TPM sem ser interpretada, o direito a menopausa sem ser questionada, o direito de não trabalhar fora pra provar que se tem valor, que se é capaz, o direito de ser dona de casa sem ser taxada de ignorante, o direito de ter cabelos grisalhos aos 30 anos, cultivar uma barriguinha honesta sem culpa, um quadril com mais de 106 cm, um peito original, rugas, celulite, pêlos, o direito de não ter a obrigação de lavar a roupa do mundo, alimentar o mundo, criar o mundo, parir o mundo, compreender o mundo...
Ah Dona Eva, se a senhora não tivesse comido aquela maldita maçã...